Em meio a sofrimento, Vasco vence a primeira no brasileiro


Meu Deus, que jogo sofrido; Diferente de muitos, quando acontece jogo que se é necessário a Premiere, não apelo para assistir em sites na internet porque não possui a mesma velocidade da televisão, e como quero o resultado em tempo real, vou para as emoções da rádio. Nessa semana postei uma matéria que dizia que se o clube vencesse as três próximas partidas, toda a situação caótica poderia mudar.

O adversário é bem mais fraco que o de hoje e como o jogo também será em São Januário, as chances estão altas. Aí depois da Copa América, pegaremos o Grêmio - que também anda em má fase mas podemos sim obter um resultado positivo. Pois na vida a primeira vez sempre é mais difícil! Agora que o clube "aprendeu" a vencer, basta ter cabeça para jogar o campeonato com sabedoria. Não creio que temos chances de título, como afirmou o Gerson canhota de ouro, mas poderemos fazer um campeonato satisfatório (um sem riscos de série B). Os gols da partida estão abaixo:


Imagina alguém sofrer sem ver as imagens. Cheguei a pegar o jogo a partir dos 27 do primeiro tempo, e pelo que era narrado, o time andava nervoso, tanto que a galera pedia para que os mesmos avançassem mais. Parecia que estávamos tomando um baile, até que Andrey marcou o primeiro e levantou todo mundo. A empolgação foi tanta, que rapidamente marcamos o segundo - mas o interessante é que não me lembro nem da última vez que o Vasco marcou dois gols tão rápido em um time grande.


Fazer dois gols num time forte como o do Internacional, deram esperança a todos nós. Até que os homens vacilaram, permitindo tomar um gol precoce só para sofrermos o jogo todo. O Inter pressionou e como tem muito mais qualidade que o nosso, o sofrimento foi maior. Por isso venho agradecer ao Cabo Daciolo, que estava no estádio e com sua fé (Glória a Deuxxx!) nos permitiu sairmos vitoriosos e prontos para nos recuperarmos na competição. Veja a análise do canal Machão da Gama!


Luxemburgo no fim do jogo reconheceu que o time "não está pronto para sair", ser mais agressivo, mas que em três partidas já está começando a ter uma identidade. Confira:

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.