Euriquinho critica gestão do Roberto Dinamite


Em matéria publicada pelo jornal O Dia, o filho do Eurico criticou a gestão do maior ídolo do clube, Roberto Dinamite. Por isso quis comentar sobre isso: enquanto Dinamite tinha sua gestão (que o mesmo chegou a assumir na TV que começou a tomar remédios devido ao stress ou remorso que sentiu pelo rebaixamento de 2008), todos diziam que ele era o pior presidente da história do clube. O tempo foi passando e as administrações que vieram não chegaram nem perto das do maior artilheiro do campeonato brasileiro.

Hoje apenas reconheço a gestão do ídolo como ruim, pois, pegando o Vasco do jeito que pegou - quase nos deu um título brasileiro e fez o clube ser campeão depois de muito tempo, e não foi só um carioquinha que conquistou, mas sim uma competição nacional e um dos times mais recordados entre a então sofrida torcida do Vasco da Gama. Vale lembrar também que o paredão Martin Silva veio na gestão de Dinamite e se tornou talvez o mais recente ídolo na data em que essa postagem foi escrita.

Só porque fez um discurso para manter esse presidente Judas, já está se achando alguém. Ontem compartilhei aqui no blog a entrevista que o mesmo deu ao canal Fox Sports e ao ser indagado se teria pretensão de se tornar presidente, respondeu que quer ajudar o Vasco sem possuir tal cargo (isso eu não acredito porque no âmbito político isso costuma acontecer todo o tempo.) Quando Campello desfez a aliança com Brant, fez questão de dizer que não tinha pretensão de ser presidente. Tudo para que dois dias depois pudesse já manter o esquema e sentar na cadeira mesmo sendo contra a vontade dos sócios.

Segundo o filho do Eurico, a vitória de Dinamite veio só para "tirar seu pai do poder" sendo negativo em toda a sua gestão (mas que trouxe um título nacional, um vice brasileiro e ainda tinha chances de ser campeão da Libertadores - coisas que não vimos mais depois que o Dinamite saiu). Como é que não consegue entender que se as pessoas queriam seu pai fora, é porque ele era um péssimo gestor? O Vasco era campeão brasileiro em 2000, para amargar um carioca em 2003 quando Eurico assumiu e times medíocres como o de 2005.

Quem assumiu o clube em 2008 (Dinamite) depois de Eurico Miranda não tinha planos para gerir o Vasco. Apenas o derrubar, Foi extremamente negativo para o clube
Euriquinho, filho cara de pau de ex-presidente

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.