Grupo Casaca critica CBF por não homenagear Thalles em jogo da seleção


Me disseram que não houve nenhuma homenagem a Thalles no jogo do Brasil. (Como só vejo jogo da seleção em Copa do Mundo, tinha ficado fora dessa) mas achei uma falta de respeito. Não é só porque é jogador do meu time, porque toda partida eles reservam 1 minuto de silêncio para um monte de gente que nunca ouvimos falar - então, o que custaria dar uma rápida palavrinha?

Se fosse jogador do Flamengo, teria todo o apoio da fla-press. Mas como é do Vasco, acredito que eles evitam de falar porque assim vai "colocar o Vasco em evidência" (repare que se fosse uma tragédia 'a La ninho do urubu') era destaque no Fantástico. Só que a CBF, diferente de outros clubes que lamentaram a morte do jovem jogador nas redes sociais (incluindo rivais do Vasco) não o homenageou uma vez - parecem que se esqueceram que ele jogou na seleção da base.

O grupo Casaca escreveu numa rede social (eu concordo 100%):

Queiram ou não, Thalles atuou em seleção de base da CBF. Ontem, em mais uma pelada da Copa América, nem minuto de silêncio houve. Ou seja, atletas e clubes dão à entidade lucro fácil. O retorno é este, bem ao nível do futebol meramente comercial.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.