Rossi: "Se eu pagasse ingresso, gostaria que o jogador do meu time se entregasse ao máximo."


Um dos poucos jogadores contratados que conseguiram se acertar na equipe, Rossi destacou apoio da torcida e conversou com jornalistas no fim da partida contra o Ceará. Agradecendo aos quase vinte mil torcedores que apoiaram a equipe até o fim, cujo obrigou muitos rubro-negros reconhecerem o nosso amor pelo Vasco e o respeito.


Rossi (que pode estar indo embora de São Januário) destacou a importância da torcida e o impacto que ela deu na equipe antes mesmo de começar o jogo. Aproveitou também para elogiar o treinador e falar sobre as dificuldades da partida:

Fizemos uma grande partida. A insistência prevaleceu. Queria agradecer ao apoio da torcida. Eles foram fundamentais desde o começo do jogo. Na concentração, quando soubemos que já tinham 12 mil ingressos vendidos, sabíamos que o estádio estaria lindo. Ficamos muito felizes. Dá uma motivação a mais. Espero que eles continuem nos apoiando para fazermos uma grande temporada e sair dessa zona da confusão, como o professor fala.
É um alívio. Eu me entrego muito. Cada passe errado que dou, eu me cobro para não errar mais. Não é fácil vencer. O Ceará jogou bem fechado. Nosso time insistiu, valeu a pena. A vitória veio do apoio do torcedor, que acreditou até o final. Se eu pagasse ingresso, acho que o que eu gostaria é que o jogador do meu time se entregasse ao máximo. Eu faço isso. Lógico que eles querem ver gol também. Então procuro fazer isso também. Dar assistências, roubadas de bola... é isso que eles querem ver
É um treinador vencedor. Acabou passando isso pra gente. Que para jogar no Vasco tem que ter atitude. Nosso time, nos últimos jogos, vem demonstrando isso e conseguimos vitórias nos dois últimos jogos.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.