Vasco se une a Palmeiras para uma melhor distribuição de cotas de TV


Acho que deveria ter feito isso a muito tempo. Pois bem, como muitos sabem, os clubes Flamengo e Corinthians recebem muito mais da rede Globo em cotas de direitos de imagem do que os demais clubes brasileiros (posso chegar até dizer que sem ela, o rival não seria visto como o "milionário" que tentam passar). A diferença é tanta, que chega a ser injusto ter um campeonato competitivo, pois dois times possuem um valor muito acima, enquanto outros recebem uma pequena parcela obrigatória.

O Vasco, que é dono da quinta maior torcida do país está entre os clubes que recebe a menor parte da parcela. (O que seria irreal, pois se alegam que as cotas são por causa do tamanho da torcida, porque somos tratados como mais um sem importância?) Foi por isso que no início do Brasileirão, o clube paulista se revoltou a colaborar e abriu mão de transmissões de TV e de imagens de seus jogadores no aplicativo Cartola - pois ficaram revoltados que o atual campeão brasileiro e um dos times mais populares do país (quarta maior torcida), recebesse ainda menos que os queridinhos da emissora.

É claro que passou algum tempo e a TV teve que voltar atrás, pois sem o atual campeão brasileiro (que vai muito bem neste campeonato) ficar sem transmitir seus jogos pesou no retorno financeiro. Por isso, dou meus parabéns ao Palmeiras! Que soube ver seu valor (diferente da diretoria do Vasco) e lutou pelos seus direitos. Eles mostraram para quem manda na CBF, que existem clubes no país além de saco de pancadas do Vasco e Corinthians.

Agora que surgiu um time disposto a quebrar o protocolo de cotas da Globo, vem Campello se unir a uma bancada que impeça a desigualdade das cotas entre os clubes. Ainda, o presidente do Vasco aproveitou a união para pedir Guerra emprestado!

Tomara que outros clubes se unam ao Palmeiras e acabem com essa "espanholização" do futebol, porque na cabeça doentes deles, Corinthians e Flamengo são como "Real Madrid e Barcelona" do Brasil, o que nunca foram - pois se fossem, não teriam tanto título vindo a base de "erros de arbitragem"..;

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.