A insistência de Luxemburgo com Bruno César


Tem certas coisas que seriam melhor não mudar, não é mesmo? Pelo menos para mim, se refere ao caso Bruno César - um dos jogadores que mais recebe no Vasco e mesmo assim, não corresponde. A torcida quer que ele deixe o clube e ninguém mais o aguenta em campo. Vendo isso, o treinador do Vasco quer reergue-lo. Segundo o treinador, ele pode ser o novo camisa 10 do clube, se tiver disposição para o cargo, para isso, deverá lutar pela vaga de titular.

O mesmo acontece com Yan Sasse (o cara que levou drible do Sidão em um treinamento coletivo), mas que assim como Bruno, não tem moral alguma com a torcida e seria uma alegria caso deixasse o Vasco; Eu não entendo o que Luxemburgo está querendo com esses dois, mas vamos ver no que vai dar - afinal, ele não é só um treinador experiente como vem demonstrado isso - não é fácil você pegar o clube todo quebrado do Vasco e transformá-lo em alguma coisa usando as poucas peças que tem (e sem receber salário!)

Em entrevista na rádio Globo na última terça (dia 16/7), o treinador disse:

Ele (Bruno César), para ter oportunidade, precisa entrar em campo e jogar. Falar ‘aqui, torcedor, eu quero a vaga’. Falta isso. O jogador cobra a vaga do técnico em campo. Na marra, não ganha. Quero que Bruno, Yan (Sasse), outro jogador, mostre pra mim que merece a vaga no time. Bruno está treinando pra caramba, falta entrar no jogo e falar: estou presente.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.