Perícles Bassols admite erros de arbitragem contra o Vasco em 2011


Mal acordei e me deparei com a insatisfação da torcida vascaína sobre Perícles Bassols, ex-arbitro de futebol escalado simplesmente para dar o título do Brasileiro de 2011 ao Corinthians, para isso, evitando de dar dois pênaltis claros para o Vasco que no conjunto da obra, se totalizou menos 4 pontos pro cruzmaltino, tirando o título nacional do clube. A sacanagem foi tão grande, que até um amigo meu mulambo desistiu de assistir futebol por causa da manipulação de resultados em favor de um dos queridinhos da rede Globo.

Em entrevista ao canal Esporte Online TV, hoje já comentarista do 'Flamengo Interativo' (percebe-se como a Fla-press premia esses caras que fazem um "bom trabalho" no esporte) o cara vem assumir na maior cara de pau que errou. Meu amigo, todo mundo sabe que você errou - sua cara de panaca não dava para disfarçar que você não queria dar a falta porque não quis e agora que esta na TV, tem que assumir que foi 'um erro sem querer' para poder trabalhar sem questionamentos. 

Eu poderia postar aqui as imagens em vídeo, mas optei em colocar apenas de forma escrita porque não quero nem olhar para a cara ou ouvir a voz desse homem. Porque me lembro até hoje o mal que ele fez ao meu time e a sua cara de pau de mandar o cara levantar quando Léo Moura fez aquele carrinho criminoso em Bernardo. Tais imagens foram compartilhadas como um dos maiores roubos do Flamengo em cima do Vasco na história e como virou comentarista, seria melhor assumir e achar que está tudo bem (afinal, que diferença para esse sujeito faz - sendo que a CBF não pode tirar o título da mão do Corinthians e dar nas nossas mãos). E acho que pelo tempo que passou, nem seria mais justo... deixa a taça na casa deles mesmo.

O problema do primeiro jogo só apareceu com forças depois do segundo. Foi uma partida que eu havia conduzido de uma forma espetacular até o lance do Bernardo com o Léo Moura. Estava 0x0, aí entra nos acréscimos, uma bola é virada de uma ponta da área para a outra, o Léo Moura deita numa combate ao Bernardo, que ao invés de estar indo para dentro do gol, recebeu uma bola na linha de fundo e dá um tapa para dentro da área, e o Léo deita e encosta nele. Eu vejo o contato, mas ele se atirou quando o Léo encostou, o que me fez acreditar que ele estava simulando o contato, e não que o contato tivesse acontecido em virtude da ação do Léo. Naquele momento não houve tanta reclamação porque a imprensa ficou dividida.

Eu estava muito preparado, sabendo que ia retornar ao quadro da FIFA. Não tinha nenhum medo do jogo, mas sabia que um erro iria me deixar marcado, ainda mais com o Vasco disputando título não poderia dar nada errado. Acabou que deu errado porque teve esse caso, que não foi um lance de interpretação, foi de não conseguir ver o puxão da camisa do Willians no Diego Souza. Eu entro numa angulação que me deixa atrás do corpo do Willians, e que tapou até meus assistentes. Eu só fui ver esse lance 15 minutos depois do final do jogo, quando a gente estava em reunião. Não havia assistente atrás do gol e nem comunicação. Houve uma roubada de bola do Vasco e uma esticada de bola, onde fiquei um pouco para trás, aí eu angulei, mas o corpo do Willians ficou na minha frente, então o puxão em si eu não vi.

Claro que viu... hoje, a revolta que tínhamos desse sujeito acordou com força total. Pois o que eu vi de reclamação na internet em meio a essas declarações, não foi brincadeira. O vascaíno já anda irritado com o que vive: más administrações, presidentes que caem de paraquedas, times medíocres e vexames atrás de vexames para vir agora, um dos juízes que ajudaram a estabelecer o caos (digo isso porque se o Vasco fosse campeão brasileiro, seria muito difícil passar por tempos tempestuosos como esses pós 2011) e posso ir mais longe e dizer que até o clube se regueiraria, pois ser campeão brasileiro, o conjunto da equipe.


O safado ainda alega que sofreu ameaças de morte (o que eu não acredito) pois a gente vem sido roubado por esses safados e até hoje, não vi um árbitro levar uma agressão da torcida. As vezes, por mais que seja errado, esses caras tinha que levar porrada de alguém (porque chega a ser irritante como os homens roubam na cara de pau, para depois vir na TV com a maior cara limpa dizer: "eu errei, não tinha intenção")...

Não tinha intenção o cacete! Roubou no primeiro jogo e foi escalado pro segundo para poder repetir a dose, qualquer um com um mínimo de inteligência sabe disso...

Recebi várias. Eu tenho um grande amigo ex-árbitro que é da polícia, o coronel Aristeu Leonardo Tavares, e na época o meu e-mail pessoal foi invadido e o telefone do meu consultório foi devassado. Foram várias ameaças o meu consultório e no celular. Quando eu passei para o meu amigo o que estava acontecendo e ele encaminhou para a Delegacia de Crismes Virtuais, acho que algumas coisas devem ter sido feitas porque pararam. Quem criou toda essa situação foi o Eurico Miranda, que Deus o tenha. Depois do jogo ele disse que eu fui o responsável pelo Vasco ter perdido o título por ter deixado de ganhar 4 pontos nos clássicos.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.