As penhoras não deixam o Vasco pegar o empréstimo


A gestão Campello tem sido a pior gestão que já vimos no clube. Imagina você pegar o clube destruído e tentar reerguê-lo sendo que não tendo capacidade para isso; Eram para ter ouvido os sócios, mas para manter um esquema que vem destruindo o clube a vinte anos, colocaram Campello no poder e agora o torcedor que tem que pagar a conta.

Pode se notar o quanto esses caras do Vasco aumentam o ego desses conselheiros. Homens que estão a frente do Vasco e que tem autoridade muito maior do que mais de vinte milhões de pessoas. Então, ao meu ver, todo esse caos aí gerado para fazer vontade de Eurico, cai na conta desses homens. A próxima eleição está chegando e vamos ver se vão respeitar a vontade do torcedor.

Lembra do empréstimo de 20 milhões? Já tem um tempo isso, pois bem. Campello ainda não recebeu a quantia. Segundo o site do Globo Esporte, o presidente do Vasco não só está sofrendo com o colégio em greve, como também, está sufocado pela instituição ter tanta penhora. (mas, o estranho é que jogadores medíocres como Bruno Silva tiveram em sua gestão, três renovações de contrato e com um aumento de +435% do salário). 

Alguma coisa acontece lá dentro porque não é possível!

O Vasco tem muitas dívidas, penhoras e está devendo a vários ex-jogadores. Tem inclusive penhoras, segundo o GE, da gestão do Eurico. E como a gestão não anda bem das pernas, contrata gente como Alberto Valentim contra a vontade da torcida. O time faz vexame e como ninguém é besta de ficar dando dinheiro para eles, o retorno financeiro é pífio. 

Quem é que confia em quem comanda o Vasco hoje?

Eu poderia virar sócio, mas dispenso. Não vou dar meu dinheiro "para ajudar" ninguém porque lá está a maior bagunça. Toda hora tem gente pegando empréstimo e desvalorizando a marca, se botassem na cabeça que o torcedor é o maior patrimônio do time, com certeza, teriam retorno, mas como fazer isso se o próprio presidente não foi eleito sob nossa vontade?

Como o clube tem várias penhoras, fica difícil ter uma garantia para se pegar o empréstimo -  o que justifica a demora.

Sobre a greve dos professores, o presidente respondeu:

Diretoria Administrativa do Vasco está empenhada em normalizar o pagamento dos salários dos funcionários do Colégio Vasco da Gama, assim como de todos os colaboradores do Clube. A direção do Vasco se sensibiliza e compreende a manifestação dos professores e demais funcionários do Colégio. Estamos trabalhando também para evitar maior impacto sobre os próprios alunos, jovens atletas do Clube.

Para mais detalhes, eis a fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/vasco/noticia/asfixiado-por-penhoras-vasco-negocia-com-credores-e-sofre-para-obter-emprestimo.ghtml

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.