Anunciante

Com um jogador a mais, Vasco vence São Paulo com gritos de Olé!


Depois da surra que levou na última partida, o Vasco entrou em campo neste domingo para virar a página e ir atrás do seu objetivo no campeonato - o que eu acredito ser, uma vaga na Libertadores do próximo ano. Enfrentando o São Paulo em São Januário apresentando uma novidade: uma escalação com quatro volantes. Além, de é claro... da estreia da nova terceira camisa (cujo alguns gostaram e outros acharam horrorosa - meu caso é a segunda opção!)

Outra coisa que eu não gostei quando vi foi o árbitro: Daronco... só um amigo meu mulambo que acha esse cidadão um bom juiz... até que no primeiro tempo, um jogador do São Paulo deu praticamente um golpe de Karatê em Richard - tudo para o juizão acessar a tela do VAR por mais de três minutos e por incrível que pareça, ele expulsou o jogador adversário com cartão vermelho!

Acho que o equilíbrio da CBF deu uma pausa quando deram dois pênaltis contra o time que não paga a série B.


Mas não adiantou muita coisa no primeiro tempo, pois o Vasco não ofereceu perigo e ainda num conta-ataque, teve que usufruir da qualidade de Fernando Miguel. Analisando pelo primeiro tempo, o time apresentou uma melhora gigantesca em relação ao último jogo, mas ainda sofre por não ter um ataque de peso. O que vem acontecendo com o Vasco a vários anos!

Você assiste na esperança de ver um gol e os caras não sabem como chegar lá; Marrony até que jogou bem no primeiro tempo, mas prendeu muito a bola ao meu ver. Mesmo com um a mais, não vi diferença técnica, pois o São Paulo chegou a agredir com mais perigo o Vasco no fim do primeiro tempo (e com um jogador a menos!)... até Thales Magno receber a bola na pequena área e quase ter marcado um golaço... pena que chutou para fora!


Na volta pro segundo tempo, Luxemburgo tirou Andrey e colocou Rossi que não jogava desde a partida contra o Grêmio. Mas continua ser um time acostumado a se defender do que partir para cima, como alegou o jornalista Bruno Giufrida (e concordo totalmente!).

E mesmo com os problemas em campo de agredir o adversário, o melhor jogador do Vasco atualmente fez o seu primeiro com a camisa cruzmaltina: Thales Magno! Que sonha em se tornar ídolo do clube! 

Durante a partida surgiu algo inusitado e que ao meu ver, é uma ditadura. No caso, as "piadas homofóbicas". Não vou entrar na questão política do assunto, mas chamar alguém de viado parece que dará uma punição severa ao clube mandante. Como o pessoal da política colocou isso como o mesmo patamar do racismo, forçam zoar a torcida do São Paulo como algo grave! (Para mim, já é a morte da zoeira no futebol, porque o time paulista sempre teve essa fama e agora mesmo perdendo, a gente não pode zoar)...

Já conheci histórias de homossexuais que entre si, se gabam por poder chamar os outros desses nomes agressivos em que fomos proibidos... então, está mais para um controle de opinião mesmo! Não posso zoar meu amigo de gay porque para alguns seria como se eu quisesse que ele morresse? Isso estragou a graça do futebol, mas é o que temos que respeitar...

Cada um é livre para ser o que quiser e o outro também é livre para zoar da maneira que achar melhor. Impor uma ordem dessa dentro de campo é ditadura e controle de opinião! O que não concordo nenhum pouco, mas se estivesse no estádio zoando pararia de boas...

Voltando a falar sobre o jogo, o jogo foi até que meio parado durante boa parte do segundo tempo. Até sermos surpreendidos por Felipe Bastos, que entrou e marcou o dele...

Mano, Felipe Bastos!!!!


Agora a gente vai poder ficar mais tranquilos no brasileiro...

No fim da partida teve aquele choro básico do Cuca e algumas pequenas confusões porque na minha opinião, o time adversário já tinha o jogo como ganho e perdeu sob gritos de olé... com isso, poderemos sonhar com vôos mais altos no campeonato e esquecer pela primeira vez o papo de segunda divisão.

O time jogou bem, apesar de lento! Se Marrony não fosse tão fominha e tivéssemos um bom ataque, posso dizer que pela situação do jogo poderíamos ter marcado mais um ou dois, terminado a partida por 3 ou 4 gols de diferença...

Agora vai!!!

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.