Anunciante

Cuca admite que Vasco venceria mesmo se fosse 11 contra 11


O jogo contra o São Paulo deu o que falar e grande parte da torcida adversária alega que o responsável pela derrota seria a expulsão do jogador deles, cujo aplicou um golpe de Karatê em Richard e com auxílio do VAR, levou cartão vermelho. Tanto, que já chegando no fim da partida, principalmente por ouvir os gritos de olé da massa vascaína, os ânimos de jogadores e do treinador Cuca foram bastante alterados.

O treinador do São Paulo teve uma discussão com Castán já no fim da partida, e o zagueiro do Vasco chegou a esclarecer ao público sobre a confusão em vídeo. Porém, de cabeça mais fria, o treinador do adversário teve que assumir que poderia ter perdido o jogo se não tivessem um jogador a menos.

Acho que o Vasco ia vencer esse jogo mesmo no 11 contra 11 se a gente não mudasse de atitude. Uma coisa é a expulsão, que foi equivocada, e outra coisa é o resultado do Vasco, que foi merecido.
Cuca
E já que citei o treinador nesta postagem e não vi nenhum site de notícia sobre o Vasco dar a versão do treinador sobre a confusão. Vou por aqui o lado dele para que possamos entender melhor as coisas. As citações foram retiradas do site do Globo Esporte!

Eu não ia falar nada sobre o que aconteceu porque coisa de campo tem de morrer dentro de campo. Mas já que viram o que eu falei... No ano passado, o Santos e Vasco no Pacaembu, houve um momento em que o Castan me cobrou para que chamasse atenção do Gabigol sobre uma situação que havia ocorrido e eu chamei. Ele entendeu, acabou o jogo, tudo bem. Hoje, quando o juiz tinha apitado uma falta, não lembro se foi o Marrony ou quem foi, depois da jogada deu um chapéu no Juanfran. Isso irrita muito quem está em campo. Eu falei para o Castan: "Você lembra?"

O Castan veio com o dedo em riste para Juanfran e Tchê Tchê, que foram falar para o menino não fazer isso, que já havia apitado. Foi uma correção que falei para que ele fizesse como ele cobrou naquele momento. Não foi nada a mais do que isso, não entrei para brigar com ninguém. Acho que o Leandro Castan queria vir me falar alguma coisa, entra o pessoal do deixa disso, parece que é um tumulto, mas não houve isso.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.